Associação Comercial de Cuiabá discute temas relevantes para o comércio em reunião mensal

Associação Comercial de Cuiabá discute temas relevantes para o comércio em reunião mensal

Um dos temas foi a reunião com o prefeito Emanuel Pinheiro para a criação de um Centro Tecnológico

A Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACCuiabá) realizou a reunião mensal da diretoria nesta quarta-feira (12.06), na sede da entidade, sob a liderança do presidente Jonas Alves. Durante o encontro, os participantes discutiram diversos temas de importância para o comércio da Capital e outros assuntos de interesse geral.

Jonas Alves relatou sua participação no evento em Brasília, promovido pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), que reuniu empresários dos 27 estados brasileiros para celebrar os cinco anos da Lei da Liberdade Econômica (Lei nº 13.874). 

"Foi uma mobilização nacional significativa da sociedade empresarial, promovida pelas Associações Comerciais, com o objetivo de valorizar a Lei da Liberdade Econômica e impedir retrocessos no desenvolvimento de um ambiente favorável ao empreendedorismo no país", completou o presidente da ACCuiabá. 

Outro ponto de discussão foi a reunião com o prefeito Emanuel Pinheiro e a Associação das Empresas de Informática e Telecomunicações (ASSEITE), para a concessão de possíveis incentivos fiscais para a revitalização e modernização do Centro Histórico de Cuiabá. 

A proposta inclui a criação de um Centro Tecnológico, com a parceria entre a iniciativa privada e as universidades. "A criação deste espaço é vista como uma forma de revitalizar o patrimônio histórico da cidade, atrair visibilidade, gerar renda e fomentar o comércio local", explicou Jonas. 

Além disso, o analista técnico do Sebrae/MT, Diego Menegatti, apresentou o projeto "Varejo Cuiabá", que contará com a parceria da ACCuiabá. O projeto visa fortalecer o setor de varejo de moda em Cuiabá, que atualmente conta com 8.943 empresas, representando 31% do universo de varejo de moda de Mato Grosso.

Foi abordada ainda a prorrogação do prazo para regularização de pendências relacionadas ao Alvará Sanitário, que agora vai até o dia 28 de junho. A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Fazenda, alertou que as empresas que não regularizarem sua situação junto à Vigilância Sanitária Municipal correm o risco de exclusão do Simples Nacional. Outros assuntos gerais também foram discutidos durante a reunião.